LP Blog: #Pós-Créditos | Lion

Translate

#Pós-Créditos | Lion

18.02.2016
O Pós-créditos de hoje é sobre o filme Lion, que foi lançado aqui no Brasil esta semana e, eu sinceramente não sei nem por onde começar a falar desse filme e logo logo conto o porquê, mas vamos começar com o trailer e a sinopse como sempre para você que ainda não conhece o filme.



Sinopse
"Quando tinha apenas cinco anos, o indiano Saroo (Dev Patel) se perdeu do irmão numa estação de trem de Calcutá e enfretou grandes desafios para sobreviver sozinho até de ser adotado por uma família australiana. Incapaz de superar o que aconteceu, aos 25 anos ele decide buscar uma forma de reencontrar sua família biológica." (Créditos: Adoro Cinema)

Nota Imdb: 8.0



Rotten Tomatoes: 86% de aprovação

Outras notas da Crítica
(Créditos: Adoro Cinema)




Enfim...
Se você gosta de filmes de drama e filmes bons... Assista! Eu amo essas histórias reais inacreditáveis que viram bons filmes. Eu particularmente amei e não achei atoa as 6 indicações ao Oscar. A história é muito bem contada e tudo contribui para deixar-la ainda mais emocionante. 
As cenas  do menino perdido da família na Índia, em meio a uma multidão e toda a pobreza e miséria retratadas tem um realismo muito grande, o que faz que a gente se sinta angustiado junto com o personagem e até, no meu caso, chame a atenção para pensar nas crianças que realmente devem estar vivendo na mesma situação. Outro ponto a ressaltar é a atuação incrível e comovente do ator mirim Sunny Pawar de apenas 8 anos. Destaque também para a atuação de Nicole Kidman em alguns momentos do filme.
Ao final, o filme o deixa uma mensagem muito importante sobre crianças perdidas na Índia e deixa o site lionmovie.com para quem quiser conhecer mais sobre o problema e como ajudar. 
Detalhe, eu só achei um problema a personagem da namorada parecer de alguma forma que teria algum papel importante, mas no final das contas a personagem é meio insignificante, talvez por não ser o foco da história, mas acredito que a personagem poderia ter sido melhor explorada.
Também gostei bastante da fotografia e trilhas sonoras e o que vi em algumas críticas como um ponto negativo, mas que na verdade, também gostei, são os flashes de cenas do passado e da família do Saroo entrelaçando com alguns momentos da vida adulta do personagem. Porque é algo que acontece de verdade, as vezes a pessoa está vivendo a vida dela, mas em meio ao dia-a-dia lembranças ruins de um passado sempre voltam a memória. 


Minha nota
★★★★☆

© Lidiane Penachioni - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Lidiane Penachioni Arte e Criação.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo